Servidores do município declaram greve geral

Cortes de gratificações e a não adequação do piso salarial são os motivos da decisão

Na Assembleia Geral realizada pelo sindicato na manhã desta sexta-feira (23/02), para discutir as reivindicações salariais, os servidores da educação votaram por aderir a greve geral. Enquanto isso, administração e saúde já estão em greve desde a última segunda-feira (19/02).

O Prefeito Aleandro Caldato determinou que fosse cumprido o parecer do subprocurador Danilo Pinto, onde diz para ser mantido o piso salarial de 2017, mais gratificações dos planos de cargos e salários do piso nacional de 2010.

‘’A conclusão que nós chegamos é que com esse parecer do Doutor Danilo Pinto subprocurador do município, o servidor de Santo Antônio do Descoberto vai chegar a perder de 50% a 60% do seu salário. Portanto, servidor, prepare-se, venha lutar, defenda seu plano de carreira, sua categoria independente de seja ela qual for, porque o prefeito Aleandro Caldato e o subprocurador Danilo Pinto vieram para massacrar e punir o servidor de Santo Antônio do Descoberto’’. Declarou Clenilda Melquiades, presidente do Sindicato.

Os servidores têm acompanhado as assembleias e prestado suas indignações. A greve segue por tempo indeterminado, até que medidas de melhorias salariais sejam tomadas.

sample-ad

Facebook Comments