Servidores entram de greve por tempo indeterminado

Mais uma vez poder executivo vai contra os servidores do município não cumprindo lei federal e municipal

Foi realizada na manhã desta quinta-feira (16/02) reunião fechada para discutir atual condição de trabalho dos servidores do município.

A reunião foi marcada pelo atual prefeito de Santo Antônio Aleandro Caldato convocando o sindicato, representante da Câmara dos Vereadores e representantes dos servidores da saúde, educação e administração para participarem.

O sindicato denunciou o prefeito em exercício por improbidade administrativa, por não cumprimento da lei municipal 1.056, que diz respeito à adequação salarial, por não cumprir as leis federais referente ao salário base da educação e salário mínimo, além do não cumprimento do acordo dos probatórios.

O prefeito informou aos presentes na reunião que a base do salário irá ser analisada, no entanto, não deu previsão de resposta da análise. Para a próxima terça-feira, o prefeito prometeu mandar o projeto de lei que regulamenta o salário mínimo dos servidores.

Após o termino da reunião e da assembléia os servidores da saúde e administração decidiram entrar em greve a partir da próxima segunda-feira (19/02), já os servidores da educação optaram por redução de horário aguardando decisão da liminar para decidir legalidade da greve.

sample-ad

Facebook Comments