Executivo cumpre promessa e manda projeto de lei para Câmara

Projeto de lei garante regularização salarial dos servidores

O prefeito em exercício Aleandro Caldato mandou o projeto de lei referente à regularização do salário mínimo para apreciação do poder legislativo. A partir daí, na sessão ordinária realizada na última terça-feira (20/02), o presidente da Câmara Municipal Alexandre de Jesus mandou o mesmo projeto de lei para comissão analisar.

O piso nacional foi reajustado, mas os salários dos servidores do município seguem sem reajustes. É válido lembrar que, o artigo 7° inciso IV, da Constituição Federal de 1988 já garante o pagamento do salário mínimo fixado em lei e nacionalmente unificado.

As melhorias das condições salariais vêm sendo reivindicadas pelos servidores e apoiada pelo sindicado. Os servidores da saúde e administração estão em greve, já a educação segue apenas com redução do horário, aguardando liminar para decisão da legalidade da greve.

Será realizada Assembléia Geral para decisão da continuidade da greve, na próxima sexta-feira (23), na Câmara Municipal, a partir das 09h.

sample-ad

Facebook Comments