Decreto da prefeitura atropela Lei Orgânica e prejudica trabalhadores em educação

Decreto corta Jornada Ampliada dos professores do 1º ao 5º ano, fere a Lei do Plano de Cargos e Salários e contraria a Lei Orgânica Municipal

No último, dia 04 de abril, o prefeito municipal de Santo Antônio do Descoberto Goiás, Adolpho Roberto Souza Von Lohrmann, assinou o decreto de nº 715, que cancela a Jornada Ampliada dos professores da educação do 1º ao 5º ano.

Os trabalhadores da educação do município de Santo Antônio do Descoberto Goiás serão seriamente prejudicados se for mantido o Decreto nº 715, editado em 04 de abril de 2017 pelo prefeito.

Além de contrariar a Lei Orgânica do município, O Decreto fere a Lei do Plano de Cargos e Salários, e desconsidera vários princípios adotados na busca pela valorização dos profissionais da educação e pela melhoria da qualidade do ensino público.

Os trabalhadores da educação do município estão revoltados com o Decreto e prometem reagir contra o ato que consideram abusivo.

Para discutir o assunto a direção do SINDSAD/GO está convocando os trabalhadores para uma assembleia na próxima terça-feira, dia 11 de abril, às 10 horas, na Câmara Municipal de Santo Antônio do Descoberto Goiás.

A presidente do sindicato, Clenilda Melquiades, considera que a categoria não pode aceitar esse abuso. “Estamos convocando a categoria, vamos discutir estratégias de luta contra essas medidas”, disse.

Além de definir a luta contra o decreto, a assembleia também terá como pauta à aprovação das propostas da Data Base e outros cortes nos direitos dos servidores.

“A HORA DE NOS UNIRMOS É AGORA”

sample-ad

Facebook Comments